sábado, 23 de maio de 2015

Patrulhão fiscalizou bares, casas de festa e apreendeu motocicletas em Uruará

Patrulhão fiscalizou bares, casas de festa e apreendeu motocicletas em Uruará
Uma ação envolvendo Polícia Militar, Polícia Civil, Conselho Tutelar e Judiciário do município de Uruará fiscalizou bares, casas de festas e apreendeu motocicletas na cidade de Uruará. A operação foi denominada de ‘Patrulhão’ pelas autoridades e teve início por volta das 23 horas desta sexta-feira, 22.
Dois menores foram flagrados em locais impróprios que após serem notificados pelo Conselho Tutelar foram liberados, várias casas de festas e bares foram fiscalizadas e 19 motocicletas foram apreendidas apresentando descargas adulteradas produzindo muito barulho, as motocicletas foram levadas para o pátio da Delegacia de Polícia Civil do município.
Participaram do Patrulhão policiais da 13ª Companhia Independente de Polícia Militar de Uruará, sob o comando do major Márcio Abud, investigadores de polícia civil sob o comando do delegado Walison Damasceno e o juiz titular da Comarca de Uruará, Vinícius de Amorim Pedrassoli.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Ladrão invade residência no centro de Uruará e assalta trabalhador

Ladrão invade residência no centro de Uruará e assalta trabalhador
O trabalhador Adenilson Garcia Pereira viveu momentos de terror na noite desta quinta-feira, 21. Ele estava em sua residência no centro da cidade de Uruará quando um elemento armado com um revólver invadiu a casa e anunciou o assalto. Adenilson contou detalhes de como tudo aconteceu. “Era por volta das oito e meia da noite eu havia saído do banho e ainda estava enrolado na toalha quando um elemento armado com um revolver empurrou a porta e invadiu a minha casa apontando a arma engatilhada para mim e pedindo que eu entregasse a motocicleta a carteira e os celulares, ele estava muito nervoso, usava um boné na cabeça e não me deixava olhar pra ele, mas deu pra notar que ele tem uma cicatriz no nariz e tem cerca de 1,65 m de altura. Ele levou a minha moto pop ano 2013, 3 celulares e R$ 14,00 que estavam em cima da geladeira. Eu cheguei a pensar que iria morrer”, relatou a vítima.
Foi mais um caso de assalto ocorrido na cidade de Uruará.

Encontrado corpo de madeireiro que estava desaparecido em Uruará

Encontrado corpo de madeireiro que estava desaparecido em Uruará
Após 15 dias de procura o mistério do desaparecimento do madeireiro Luciano Stracke chegou a fim de forma trágica. A Polícia Civil de Uruará através dos investigadores José Tadeu, Eládio Cruz, Sílvio Alex e Célio Salvador, conseguiram localizar o corpo do madeireiro em local de difícil acesso as margens do Rio Uruará, zona rural do município. O corpo já estava em estado de decomposição avançado.
O madeireiro Luciano Stracke estava desaparecido desde as 23 horas e 30 minutos do dia 6 de maio de 2015. Ele desapareceu quando esperava na residência dele, no Bairro Vila Brasil, zona norte da cidade de Uruará, um possível comprador para o caminhão e o trator que ele tentava negociar. Os veículos também haviam desaparecido. O trator foi encontrado na última terça-feira numa propriedade rural do município de Itaituba.
Exame de DNA deverá ser realizado para confirmação.
As investigações da polícia civil continuam, agora para identificar e prender os autores do crime brutal."De acordo com o que já apuramos seriam 4 ou 5 pessoas envolvidas no crime", disse o delegado Walison Damasceno.

Informações divulgadas pela Polícia Civil de Uruará

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Dep. Estadual, Eraldo Pimenta (PMDB-PA), cobra do Governo mais segurança...

Homem é preso após ameaçar outro com arma de fogo no Bairro Vila Brasil

Homem é preso após ameaçar outro com arma de fogo no Bairro Vila Brasil
Por volta das 20h e 20min desta quarta-feira, 20 de maio de 2015, a guarnição de serviço da PM, comandada pelo soldado PM Campinas, juntamente com o soldado PM Tavares e soldado PM Bentes, quando realizavam rondas no bairro Vila Brasil II, depois do linhão, zona norte da cidade de Uruará (PA), foram acionados por um cidadão informando a guarnição de serviço que o nacional, José Carlos Prates, estava ameaçando ele e seu irmão com uma arma de fogo, em seguida a Viatura foi até ao local, aonde localizado o acusado, que ao avista a Viatura tentou esconder sua arma, um revólver calibre 38’, com 04 munições intactas, mas a mesma foi encontrada pelos policiais próxima a cerca de sua residência. O acusado foi preso e em seguida apresentado, juntamente com a arma, na Delegacia de Polícia Civil de Uruará para os procedimentos cabíveis.
Com informações da 13ª Companhia Independente de Polícia Militar

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Polícia Civil de Uruará encontra trator do madeireiro Luciano Stracke que continua desaparecido







           IPC Célio Salvador e IPC Sílvio Alex no local onde o trator foi encontrado
As investigações sobre o desaparecimento do madeireiro, Luciano Stracke, de 45 anos, que está desaparecido desde o dia 6 de maio de 2015, quando esperava compradores para um caminhão e um trator, numa residência do Bairro Vila Brasil, zona norte da cidade de Uruará. O madeireiro e os veículos desapareceram desde então. Nesta quarta-feira, 20, a Polícia Civil conseguiu localizar o trator D-50 numa propriedade Rural do município de Itaituba pelos investigadores de Polícia Civil, Sílvio Alex, Eládio Cruz, José Tadeu, Célio Salvador, sob o comando do delegado Walison Damasceno. O trator estava escondido numa mata próxima ao Distrito de Miritituba.
O paradeiro do madeireiro ainda é um mistério. Mas a Polícia Civil já tem imagem de um dos envolvidos no caso. Os possíveis criminosos teriam seguido em direção ao Distrito de Castelo dos Sonhos, na BR 163 (Santarém/Cuiabá). As investigações continuam. 
O trator já está na Delegacia de Polícia Civil de Uruará


terça-feira, 19 de maio de 2015

Uruará em estado de insegurança

Uruará em estado de insegurança
Os assaltos a mão armada estão cada dia mais freqüentes na cidade de Uruará, no sudoeste paraense. Elementos armados, seja de faca seja de revólver, atacam cidadãos de bem no meio da rua, na porta de suas casas, assaltam lojas e motociclistas a luz do dia ou à noite. A falta de segurança pública é alarmante e inadmissível. A população está cada vez mais refém de marginais. Até vitima fatal houve recentemente quando um idoso foi assassinado com várias facadas em latrocínio ocorrido no centro urbano.
Sobre os freqüentes assaltos que vem ocorrendo no município, o Major PM Márcio Abud, Comandante da 13ª Companhia Independente de Polícia Militar de Uruará, disse que a cidade está crescendo e que é preciso não só a polícia militar agir, mas também a Polícia Civil, o Ministério Público, Conselho Tutelar, Executivo e Legislativo municipal, Associação Comercial e Sociedade Organizada. O major disse ainda que a cidade está crescendo e já é necessário a implantação de um Batalhão Militar no município, o major mencionou também as péssimas condições de Ruas e Avenidas que impedem a passagem das viaturas que fazem a ronda policial.
Eu já fiz um relatório para Belém, no ano passado eu comuniquei ao Alto Comando da Polícia Militar que Uruará é uma cidade que está chegando o progresso e com o progresso chega também a bandidagem. O município precisa de um Batalhão de Polícia, são 400 homens. Está chegando muita gente de fora para trabalhar e junto vem também a bandidagem nesse meio. Não é só o major que tem que brigar, o prefeito também tem que brigar por esse batalhão de polícia militar, a câmara municipal também tem que se manifestar, a associação comercial tem também que se manifestar e todas as instituições que envolve Uruará. porque a cidade está crescendo e com isso vem a bandidagem. A PM faz ronda, faz abordagens, mas a cidade é imensa e a vagabundagem vai observando a ação da polícia militar que tem 3 viaturas a disposição e duas dessas viaturas fazem a ronda policial, quando uma está no Bairro Pimentolândia a outra está no Bairro Vila Brasil e a cidade fica descoberta no centro e a vagabundagem observa tudo isso aí. É preciso que todo o segmento da sociedade se esteja junto nessa luta, porque até então estão acontecendo os assaltos, daqui a pouco vai começar haver estupros dentro das casas, daqui a pouco vão começar a matar pessoas importantes aqui dentro, e aí, culpar só a PM? Não. A viatura não pode fazer a ronda na Rua da Rádio Regional FM porque tem uma cratera lá, quebramos duas viaturas nossas por causa dos buracos nas ruas da cidade”, esclareceu.
                                       Major PM Márcio Abud
O major Abud ainda faz outros questionamentos. “Cadê o Ministério Público? Cadê o Promotor de Justiça? Na quarta-feira (dia 13) passada nós prendemos dois elementos adolescentes que fizeram assalto na cidade, mas eles já estão soltos. A PM está prendendo. Eu e os demais policiais militares estamos 24 horas na rua, mas a cidade é imensa. Cobrar só da PM não. A Polícia Civil precisa investigar os homicídios que tem ocorrido no município. Cadê o Ministério Público? Cadê o Conselho Tutelar? Por que a gente apreende esses adolescentes infratores e eles não são encaminhados para Santarém? O Ministério Público não faz a denúncia contra esses adolescentes porque o MP não está presente, não tem. As Ruas dos Bairros estão todas escuras a noite, qualquer um vagabundo bota uma faca na cintura e vai assaltar essas pessoas que vão para a igreja, inclusive”, disse o comandante.
Enquanto a população sofre com a insegurança o governador Simão Jatene (PSDB) finge que está tudo as mil maravilhas e esbanja dinheiro em viagens internacional milionárias. 

Bandidos armados assaltam loja de materiais de construção correspondente do Banco Bradesco em Uruará

Bandidos armados assaltam loja de materiais de construção correspondente do Banco Bradesco no centro da cidade de Uruará
No final da manhã desta terça-feira, 19, 2 bandidos armados assaltaram uma loja de materiais de construção no centro da cidade de Uruará, a loja é um correspondente do Banco Bradesco.
Os assaltantes, um encapuzado e outro não, entraram na loja e anunciaram o assalto numa ação rápida. No momento do assalto havia cerca de 15 clientes sendo atendidos no correspondente bancário.
O valor levado pelos bandidos não foi revelado.
Policiais militares e policiais civis estão no local e utilizarão as imagens das câmaras de segurança para poder ajudar nas investigações na identificação dos criminosos.
Após assaltarem a loja os bandidos fugiram em direção ignorada.

Motociclista fica ferido ao atropelar cachorro no Centro de Uruará

Motociclista fica ferido ao atropelar cachorro no Centro de Uruará
Cachorro atropelado na Rua das Mangueiras
Um morador do Bairro Cachoirinha teve escoriações no joelho, na face e na mão quando por volta das 19 horas desta segunda-feira, 19, atropelou um cachorro na Avenida Transamazônica, centro da cidade, em frente ao Calçadão.
Um cachorro também provocou um acidente na Rua das Mangueiras, zona leste da cidade, o acidente aconteceu por volta das 5 horas da manhã do último domingo, 17, quando o motociclista de prenome seguia pela Rua das Mangueiras e não teria visto o cachorro na via, atropelando assim o animal que chegou a ser arrastado por cerca de 20 metros.
 A polícia militar esteve no local através da guarnição comandada pelo soldado PM Campinas, juntamente com o soldado PM Rivaldo, soldado PM Vagner e soldado PM Tavares, a guarnição policial acionou a ambulância e em seguida o SAMU chegou no local para prestar os primeiros socorros e posteriormente encaminhou a vítima para o hospital municipal. O motociclista teve ferimentos leves. 

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Por falta de vereadores Sessão na Câmara de Vereadores de Uruará é cancelada

Por falta de vereadores Sessão na Câmara de Vereadores de Uruará é cancelada
A Sessão Ordinária que deveria acontecer nesta sexta-feira, 15, na Câmara de Vereadores de Uruará foi cancelada por falta de vereadores.
A Sessão Ordinária não foi realizada por falta da grande maioria dos parlamentares, mais uma vez não houve sessão na casa de leis do município. Dos 13 vereadores apenas 4 compareceram e a sessão foi cancelada.

Um homem é morto e outro fica ferido em assalto ocorrido no centro de Uruará

Um homem é morto e outro fica ferido em assalto ocorrido no centro de Uruará
Durante um assalto ocorrido na madrugada desta sexta-feira, 15, no centro da cidade de Uruará um homem foi assassinado e outro ficou ferido. O crime aconteceu na Avenida Ângelo Debiase próximo a Rua Floriano Peixoto e teve como vítima fatal o idoso Francisco Alves da Silva, 60 anos, que foi ferido por pelo menos dois golpes de faca. O outro homem também foi esfaqueado, mas conseguiu escapar dos assaltantes e está hospitalizado. Três homens teriam cometido o assalto quando além de esfaquear as vítimas levaram o dinheiro delas.
 Vítima fatal do assalto
Segundo a polícia civil os dois homens teriam saído de um bar da Avenida Pará e foram abordados pelos assaltantes na Avenida Ângelo Debiase. A polícia civil investiga o latrocínio (roubo seguido de morte). 

População se reúne e contrata empresa para recuperar o trecho de Avenida em Uruará

População se reúne e contrata empresa para recuperar o trecho de Avenida em Uruará
Por Cirineu Santos/Joabe Reis 
População se reúne e contrata empresa para recuperar o trecho de Avenida em Uruará
Cansados de esperar pela ação do poder executivo municipal de Uruará, populares se reuniram nesta quinta-feira, 14, e contrataram uma empresa particular para fazer a recuperação do trecho de uma Avenida do centro da cidade, a Avenida Goiás, que apresentava um enorme atoleiro na esquina com a Avenida Pará, local que fica bem perto do Hospital Municipal.
 No início do trabalho
Para tapar o enorme buraco foram utilizadas uma motoniveladora (Patrola) e uma caçamba. A iniciativa popular foi acompanhada e apoiada pelo vereador Zenilson Negão (PROS). Em pouco mais de 2 horas e meia de serviço o trabalho foi concluído, agora o referido local está oferecendo excelentes condições de trafegabilidade.
 
Um dos autores da iniciativa, Ronaldo Menezes de Sousa, disse que a situação é de calamidade pública “A situação de Uruará é precária. Nós estamos no mês de maio e Uruará ainda não se acertou com relação a condição das ruas da cidade. Nós tivemos que nos reunir para pagar uma patrola e uma caçamba para arrumar isso aqui, porque o nosso gestor não faz nada. Está difícil hoje, estamos numa calamidade pública em Uruará”, disse.
 Após trabalho concluído
O vereador Zenilson Negão disse que a ação é pra salvar vidas. “Aqui nesse buraco já ficaram atolados dezenas de carros, então o objetivo principal dessa ação é pra salvar vidas, é pra evitar que acidentes aconteçam, é um dever da prefeitura, mas sabemos que o prefeito é irresponsável que não tem coragem de fazer esse serviço que é sua obrigação”, disse o vereador.
 Após trabalho concluído

quinta-feira, 14 de maio de 2015

SAMU demora prestar socorro a idosa atropelada no sul da cidade de Uruará

SAMU demora prestar socorro a idosa atropelada no sul da cidade de Uruará

Idosa é atropelada na avenida central, próximo a Escola Ângelo Debiase, na zona sul da cidade de Uruará. O acidente ocorreu na noite desta quarta-feira, 13. A idosa passou bastante tempo caída no chão até ser socorrida pelo SAMU que demorou a chegar ao local do acidente. O trecho onde o acidente ocorreu está às escuras sem iluminação pública, como em vários outros pontos das ruas da cidade. Não há informações se a idosa foi atropelada por um carro ou uma motocicleta.
A vítima, Irismar Paula Coutinho, 64 anos, foi levada para o hospital municipal de Uruará, onde permanece sob cuidados médicos e seu estado de saúde é estável.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Dia 13 de maio feriado municipal em Uruará

Dia 13 de maio feriado municipal em Uruará, dia da padroeira do município
Nesta quarta-feira dia 13 de maio é feriado municipal no município de Uruará (PA), em razão do Dia da Padroeira do Município, Nossa Senhora de Fátima. 
O feriado de 13 de maio Padroeira do Município foi criado pela Lei Municipal Nº 325/2004. Nesta quarta-feira os órgãos municicipais não funcionam, como prefeitura, escolas e hospital.
Serão realizadas algumas atividades hoje no feriado municipal pelo dia da padroeira da cidade, Nossa Senhora de Fátima sendo celebrações religiosas efetuadas pela Igreja Católica.
                                                                Padre Jeová
Segundo o Padre Jeová, esta é uma data comemorativa a comunidade católica. “No dia 13 de maio Nossa Senhora de Fátima apareceu em Portugal, no século XX, a três pastorzinhos, e como nossa cidade tem Fátima com padroeira, dedicamos a ela esta homenagem tão importante que, inclusive se tornou um dia de feriado Municipal”, explicou. 
A igreja católica em Uruará irá celebrar hoje a noite uma procissão em homenagem a padroeira. “Será um culto de ações de graças. Uma comemoração!” disse. 

terça-feira, 12 de maio de 2015

Em nota Família de Luciano Stracke faz apelo pelo reaparecimento do madeireiro

Em nota Família de Luciano Stracke faz apelo pelo reaparecimento do madeireiro
          Luciano Stracke
Família do madeireiro Luciano Stracke que está desaparecido desde o dia 6 de maio divulgou nota fazendo apelo pelo retorno do familiar.
Pedimos a quem estiver com o nosso amado ente, Luciano Stracke, que o devolvam para nós. Comprometemo-nos a até retirar a queixa na polícia. Não queremos os veículos, só queremos o Luciano de volta. estamos todos aflitos, mãe, esposa e filhos estão chorando bastante. Pedimos para que as polícias dos municípios vizinhos ajudem na localização de Luciano Stracke, pois já são seis dias de muita angústia”, diz a nota.
O madeireiro Luciano Stracke está desaparecido desde as 23:30 h de quarta-feira, 6 de maio de 2015. O madeireiro desapareceu quando negociava a venda de um caminhão Ford/Cargo 2628 E e um trator D50. Ele residia numa casa alugada no Bairro Vila Brasil, zona norte da cidade de Uruará, onde na manhã de quinta-feira, 07, foram encontrados apenas o quarto revirado e um ventilador ligado no interior da residência. O trator que estava encima do caminhão estacionado enfrente a casa também haviam desaparecido. A polícia civil de Uruará segue investigando o caso.
Quem tiver informações ligue imediatamente para a polícia pelos telefones: 0933532-1970 da delegacia de polícia civil e celular 093991035395 falar com o investigador José Tadeu.

Justiça bloqueou 5% de todas as verbas do município de Uruará

Justiça bloqueou 5% de todas as verbas do município de Uruará
 Vinícius de Amorim Pedrassoli
O bloqueio foi realizado no dia 27 de março de 2015. Acatando a ação civil pública movida pelo Ministério Público do Estado do Pará contra o município de Uruará, mais especificamente a prefeitura do município, o Juiz Titular da Comarca de Uruará, Vinícius de Amorim Pedrassoli determinou o bloqueio imediato no percentual de 5% de todas as verbas municipais até a quitação das folhas de pagamento atrasadas. Foram bloqueadas verbas do FPM, FUNDEB, ICMS, IPI, IPVA, e outras, no Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco do Estado do Pará – BANPARÁ, o Banco da Amazônia foi notificado na sexta-feira, 08 de maio.
O juiz Vinícius de Amorim Pedrassoli, Titular da Comarca de Uruará esclareceu sobre a decisão. “Quero esclarecer aos Munícipes que existe uma ação de nº 490966/2013 intentada pelo Ministério Público Estadual contra a Prefeitura de Uruará sobre os salários atrasados dos funcionários. Foi proferida a sentença, determinando que a Prefeitura faça o pagamento destes salários atrasados”, disse.
Pedrassoli destacou que na sentença determinou o bloqueio de apenas 5% de todas as verbas municipais de todos os meses, e não de todas as verbas da Prefeitura. “Determinamos para que as agências bancárias fizessem este bloqueio, para que seja formado um montante para que sejam efetuados os pagamentos destes salários. É uma necessidade dos funcionários prejudicados e não prejudica a prefeitura. Este sentença foi proferida em 21 de julho de 2014. A Prefeitura apresentou recurso na época, e, agora em 24 de março de 2015 eu julguei. Determinando através de ofícios aos bancos, no dia 27 o bloqueio das contas. Só esclarecendo que determinei o bloqueio de apenas 5% por mês de todas as verbas municipais, e somente após o dia 27 de março de 2015, o que não inviabiliza a administração municipal, é apenas um pequeno percentual das verbas que há possibilidade de administrar a Prefeitura normalmente”, explicou.
O juiz informou ainda como serão feitos os pagamentos dos salários atrasados dos servidores. “O banco vai informar ao judiciário o valor de quanto foi bloqueado. A prefeitura vai apresentar ao Juiz o pedido de pagamento e eu vou determinar, com a concordância do Sintepp e Sinspur, a liberação deste pagamento de forma proporcional ao salário que o servidor recebia. Isto é, juntou todo o montante, dá pra pagar 10% ou 20% da folha inteira? Aí sim, será feito o pagamento deste salário. Assim guarda melhor a igualdade entre todos os funcionários. Vamos exemplificar: O banco me informa que conseguiu no mês de abril bloquear 100 mil reais. Vou ver qual era o valor da folha e suponhamos que seja um milhão de reais, então eu tenho 100 mil reais bloqueados e determino pagar proporcionalmente este valor aos funcionários que estão com seus salários atrasados”, explicou.

sábado, 9 de maio de 2015

Feliz Dia Das Mães - de Joabe Reis para Joanita Vitória

Madeireiro está desaparecido em Uruará

Madeireiro está desaparecido em Uruará há mais de dois dias

Por Joabe Reis


Nesta segunda-feira, 11, completam 5 dias que Luciano Stracke está desaparecido e a polícia civil ainda não tem informações sobre o paradeiro do madeireiro. As investigações continuam.
Madeireiro está desaparecido em Uruará há mais de dois dias
 Luciano Stracke
Está desaparecido desde a noite de quarta-feira, 06, o madeireiro Luciano Stracke, da cidade de Uruará (PA). O madeireiro desapareceu quando negociava a venda de um caminha e um trator. Segundo informações da esposa Adriana Stracke o marido estava na casa alugada onde ele mora no Bairro Vila Brasil, zona norte da cidade, duarante a noite quando iria mostrar os veículos para um possível comprador ao qual estava esperando. Luciano chegou a ligar para a esposa às 23 horas e 30 minutos de quarta-feira, 06, avisando que o comprador não havia aparecido e depois da ligação não deu mais notícias e desapareceu. O caso foi registrado na delegacia de polícia civil de Uruará. Os investigadores Eládio Cruz e José Tadeu investigam o desaparecimento do madeireiro desde a manhã da quinta-feira, 07. O trator e o caminhão que estavam em frente a residência do madeireiro também sumiram.
Caminhão do madeireiro que também sumiu 
O trator de esteiras Komatsu, modelo D50, ano 1982. O caminhão é Ford/Cargo 2628 E, ano 2006, Modelo 2006, placa MWE2001. Segundo a polícia ainda não há informações sobre quem era o homem interessado em comprar os veículos com quem Luciano estava frequentemente se comunicando por telefone, já que o madeireiro não mencionava com a família sobre quem ele era. A família do madeireiro mora em Santarém (PA).
Quem tiver informações sobre Luciano Stracke e sobre o paradeiro dos veículos citados entre em contato com a Polícia Civil imediatamente pelo telefone da delegacia 0933532-1970 ou telefone celular 093991035395 falar com o investigador José Tadeu.
Informações divulgadas pela Polícia Civil de Uruará.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Movimento Social Bloqueia Transamazônica no km 92 em Medicilândia

Movimento Social Bloqueia Transamazônica no km 92 em Medicilândia
Por Joabe Reis
Movimento Social Bloqueia Transamazônica no km 92 em Medicilândia
Desde as 7 horas da manhã desta sexta-feira, 08, a Transamazônica está bloqueada no km 92 no município de Medicilândia, na ponte do Rio Pacal a 2 km do centro urbano. Foi utilizado um trator posicionado sobre a ponte para bloquear a estrada. Dezenas de manifestantes estão no local.
O bloqueio foi definido durante reunião com representantes da sociedade realizada na terça-feira, 05.
Segundo o movimento, o objetivo é chamar a atenção das autoridades e imprensa para o descaso total e o abuso de poder que vem ocorrendo no município de Medicilândia em todos os setores como saúde, educação e segurança pública.
O município de Medicilândia é administrado pelo governo do PT.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Polícia destrói plantação de maconha na zona rural de Uruará (PA)

Polícia destrói plantação de maconha na zona rural de Uruará (PA)
Uma operação policial localizou e destruiu uma plantação (roça) de maconha que estava sendo cultivada no travessão 224 sul, zona rural do município de Uruará (PA), a 72 km do centro urbano. O produtor da maconha, Marcelo de Jesus Pereira, 23 anos, foi preso.
 
Uma arma de fogo foi apreendida e também foi apreendida uma moto pop 100 de cor preta, que pode ser roubada.
Denúncias levaram a polícia a fazer a prisão. Vários pés de maconhas foram queimados no local e ainda foi encontrado com o acusado 800 gramas da droga já pronta para o consumo.
 
Participaram da operação o investigador de polícia civil, Eládio Cruz, investigador José Tadeu, sob o comando do delegado Walison Damasceno. 
Marcelo de Jesus Pereira foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e por tráfico de drogas, ele está recolhido na carceragem da Delegacia de Polícia Civil de Uruará a disposição da justiça.